Visita de Campo à  Nambija, Equador, Junho 2013.

Projeto: NOVA ABORDAGEM PARA INTERPRETAÇÃO DE RESERVA LEGAL COM AUXÍLIO DA GEOESTATÍSTICA

 Um dos parâmetros utilizados para medir a importância de uma área florestal é a concentração de carbono da região. Para calcular o acúmulo de carbono é utilizado uma formula que correlaciona a biomassa com o DAP - diâmetro à altura do peito (+/- 1,20m) das árvores. Atualmente a amostragem de DAPs é realizada de forma exaustiva, amostrando todas as espécies do local.

O objetivo do trabalho é otimizar a amostragem (inventário) da floresta para determinar a localização da Reserva legal, com base no acúmulo de carbono de determinada região dentro de uma propriedade.

O projeto desenvolveu e aplicou uma metodologia em uma área em Santarém/PA. Esta metodologia utiliza técnicas de geoestatística para realizar uma estimativa do diâmetro à altura do peito de uma área baseada em amostras georreferenciadas.

O estudo demonstrou que a amostragem da floresta pode ser otimizada, diminuindo o tempo de amostragem e aumentado a área a ser modelada, e ainda sim mantém a representatividade da quantidade de C (Mg de C) por área.

Desta forma essa metodologia pode ser utilizada como referência para definir a área de Reserva Legal, baseando-se na maior quantidade de Carbono armazenada naquele local. Contribuindo para diminuir os gases do efeito estufa, e possibilitando a maior fixação de carbono nessas áreas. 

  • Tipo de Projeto: Pesquisa de Pós-Graduação (doutorado)
  •  Aluna:Miriam Harumi Okumura 
  • Orientador: prof. Dr. Giorgio de Tomi
  •  Agência de Fomento: NDA
  •   Data de Início: JUL/2009
  •  Status: em andamento

 

 

 

 

 

Especificações

  • Responsável: Miriam Okumura
  • Data de Início: 01/07/2009
  • Data de Fechamento: 01/07/2014