Mina Experimental

Coordenador: Dra.Tatiane Marin

A Sociedade Extrativa Dolomia é uma empresa de extração de calcário dolomítico localizada na cidade de Taubaté (SP). A empresa colabora com os pesquisadores da Universidade de São Paulo há mais de dez anos, disponibilizando suas instalações para testes, pesquisas e formação de alunos.

Vista aérea da DolomiaVista aérea da Dolomia

As primeiras assessorias prestadas pelo Departamento de Engenharia de Minas e Petróleo da Escola Politécnica da USP à empresa ocorreram em 1996, onde se realizou trabalhos como reavaliação das reservas e desenvolvimento da futura operação das duas cavas.

Em 2004 foi realizado um projeto de estabilização dos taludes da mina. As colaborações resultaram em outras atividades na mina, devido ao sucesso obtido no trabalho realizado.

A ida do aluno Alberto Vaudagna, do Politécnico di Torino (Itália) para a Dolomia em 2013, com intuito de realizar trabalhos na área de desmonte, marcou o início de uma relação mais forte entre as instituições.

Trabalho de sucesso realizado na área de desmonte pelo aluno do Politécnico di Torino.

Os resultados atingidos pela atuação do estagiário foram satisfatórios e a mineradora porucou a Poli para ampliar a relação. Assim, em 2013 foi assinado um convênio entre a mineradora e a Poli/USP, com o objetivo de uma colaboração técnico-científica dando origem ao projeto Mina Experimental, coordenado pelo Dr. Jacopo Seccatore.

Coordenação das experimentações por Jacopo.

Atualmente, a Poli conta com cerca de 10 pessoas diretamente relacionadas ao projeto Mina Experimental. Através de projeto de pesquisa, atuam em diferentes áreas da mina um aluno de pós-doutorado, dois de doutorado e sete estudantes de graduação.

Alunos e estagiários participam de forma proativa no projeto, execução e avaliação dos resultados das experimentações.

O CNPq por meio do programa Ciências sem Fronteiras aprovou o projeto PVE de três anos - "Integração da Geologia de Mina e do Desmonte de Rocha no Processo de Cominuição na Pequena Mineração", coordenado pelo Prof. Dr. Jorge Betterncourt para fomentar a cooperação científica e tecnológica entre o Núcleo de Pesquisa para a Mineração Responsável da Universidade de São Paulo (NAP.Mineração/USP) e o Grupo de Pesquisa em Tecnologia de Escavações do Politécnico di Torino, coordenado pela Profª. Drª. Marilena Cardu pesquisadora visitante do projeto.

Profª. Marilena conduzindo experimentações em campo.

Em 2014 foram implatados novos métodos de caracterização geologica e geotécnica, foram realizados testes de novas tecnologias em ambiente real de produtos inovadores como novas sequências de iniciação eletrônica, emprego de retentores de tampão e mantas de proteção.

Testes de novas tecnologias aplicadas na Mina Experimental: Mantas de proteção e Retentores de tampão.

 

 

Para saber mais acesse nossos relatórios:

Teste Manta de Proteção

Benefícios do Uso de Retentores de Tampão

Caracterização Geomecânica

Relatório de análise de desmonte 28 Ago 2014 (Parte 1 de 3(Parte 2 de 3) (Parte 3 de 3)

Relatório de análise de desmonte 30 Outubro 2014 (Parte 1 de 5) (Parte 2 de 5) (Parte 3 de 5) (Parte 4 de 5) (Parte 5 de 5)

Estudos dos Efeitos do Desmonte nos Processos Downstream

Estudo comparado de diferentes sequências de iniciaçâo

 

Avaliação dos efeitos de algumas cargas não-coaxiais para desmonte escultural

 

Influencia da distribuição das cargas explosivas para a cominuição do material desmontado